Mini conto de amor

Era sábado. O dia estava com aquele solzinho morno de inverno e azul límpido no céu. Eles caminhavam absortos em seu mundinho, partilhando as comezinhas historietas da vida privada. Entretidos, não chateavam com os quilos a mais que salientes pulavam para fora da calça vermelha dela. E ninguém se preocupava com a marca do tênis novinho que ele usava. A vida diária no papo, tão só: contas, questões, carro, empregada, planos para amanhã e para o almoço de logo mais. De repente… não, não havia uma pedra no meio do caminho: o cadarço dela desamarrou. Estancou rápida. Não praguejou.

Ele prontamente se abaixou e amarrou os laços que talvez naquele instante tenham se estendido para uma vida inteira.

About these ads

33 comentários sobre “Mini conto de amor

  1. Olha, eu nem sei dizer como cheguei aqui…mas fui logo me aboletando, gostando do cheiro, do jeito, do gosto…
    dai foi fácil querer ficar, com essa combinação de poesia, humor, sensibilidade e GASTRONOMIA.
    Tá demais o seu blog.
    Virei freguesa!!!
    Beijo

    _______________________

    Sabe lá Deus porque seu comentário caiu em spam, Bela.

    Boa estada por aqui! Tô indo lá…

  2. [i][u][b] Adóorroo

    Esse conto fikou magnifiko até peguei ele

    para ler para minhas colegas de clase

    graça a Deus eu achei um contoo q é minha cara!

    minhas amigas adoraram e até euuu

    é claroo

    Vc q fez esse conto táh

    de parabéns pq fikou mt

    show…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s