Reflexões sobre os “ex”

Engraçadíssima esta de ex… Ai, ai

Sabe aquela da teoria do teatro grego?? Quando a gente estuda a tragicomédia e percebe que, na verdade, tudo que é trágico acaba sendo cômico também? Pois me aproveito agora desta reflexão para lembrar como os nossos maravilhosos ex namorados são todos maravilhosos… Toda vez que eles têm a chance de chegar perto de nós mais uma vez, vêm com aquelas promessas vãs, com o reforço de tudo de excelente que eles sabem fazer e de todaapurezaincontestáveleinenarrável doamormaiordomundo que eles , coitados dos injustiçados, sentem por nós!

Ora, ora… tiveram tempo… conviveram… não foi para sempre por quê?

Ora, ora, nem mais os contos de fada modernos são para sempre(veja Sherek 1 e 2)…

 E vamos acabar com esta de que não deu certo. Tudo deu certo ou até mesmo errado no tempo em que existiu e pronto. Nada de quiquiqui cá cá cá.

Vou aproveitar o verso de Vanessa da Mata para encerrar :

"Nosso sonho se perdeu no fio da vida e eu vou embora

sem mais feridas sem despedidas

Eu quero ver o mar

Eu quero ver o mar

Eu quero ver o mar…"

Alena Cairo

26/03/2006