Delírio

Sexta à noite, enfrentei uma febre altíssima e dores no corpo que mais pareciam pauladas…   Hibernei por dois dias inteiros e tomei medicamentos. Prostada, vi o milagre ocorrer… Três problemas sérios se resolveram como num passe de mágica… Assuntos pendentes há meses simplesmente pluft!  Resolveram-se.

Um conselho aos incrédulos: nada adianta remar contra a maré…é melhor até deitar na cama e esperar a febre baixar. Ao acordarem, verifiquem se não foi delírio: se foi, tomem vergonha e coloquem as pendências na lista de prioridades, se não foi, milagres (ainda) acontecem!!! Aleluia.

Eu verifiquei. Não era. 

Um comentário sobre “Delírio

  1. Pois é. Parece que todos resolveram me dar conselhos.. É incrível Alena. Tô passando por uma fase complicada, e seu comentário lá no blog e seu post me ajudam bastante. Realmente não adianta procurar, não adianta remar contra a maré. Tudo tem seu tempo, e “o que tiver que ser será”. Só nos resta dar continuidade ao resto e guardar lá o probleminha, esperando que ele se desenrole sem maiores pretensões né? Ai, a vida é muito complicada, às vezes dá vontade de dizer “pára tudo!” mas… a gente vai levando. Todo mundo consegue né? Beijinhos! E boa sorte no novo desafio de ensinar pra 5ª série!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s