“I’M STILL ALRIGHT TO SMILE”

O Guns assovia a velha canção de quando eu era adolescente ainda. Os pensamentos voam… Não cheguei a derramar nenhuma lágrima… mas a canção grita em seguida I need you, I need you

Dentro de mim parece ecoar um tempo que se perdeu não sei onde.

A sensação de atropelo que me impulsionou à frente às vezes me faz tonta como quem perdeu o bonde e, alheia ao abismo que me separa de tempo tão distante no espaço do que existi, permaneço atônita sem saber se com o coração dorido ou se anestesiada pelas sucessivas cicatrizes.

Hoje já compreendo o suficiente para entender a veracidade das múltiplas máscaras que cada um adota no cotidiano para projetar os picos e esconder os abismos de si mesmo. O Guns continua insistindo aqui no pc em gritar “…because I need you”.

O título da canção me convida a ter paciência.  Paciência para quê?

Aquele que nos aparece aqui sorrindo e acolá também está sendo, sim, honesto consigo mesmo. Somos tantos em um só! Quisera o amor captar a unicidade utópica. Tudo, tudo, tudo relativo… Este post não faz lá muito sentido talvez para todos, mas é o que me vai na alma exatamente agora. Nenhuma gota de álcool no organismo, apenas duas águas tônicas. Embriaguei-me esta noite foi na observação muda do mundo. Apenas isso.

Tenho essa louca percepção: colocar-me à margem para melhor compreender ou ser mera espectadora… E viajei no inconsciente da alteridade hoje, permitindo adentrar nas verdades absolutas que temos para tantas relativas ocasiões.

Cássia canta que o meu telefone irá tocar… em minha nova casaEu fui lá fora e vi dois sóis num dia e a vida aqui ardia sem explicação. E ela grita que sem explicação, sem explicação

Que órbitas serão realinhadas? Pergunto-me. E as há?

De forma sádica, ouço de novo e de novo as mesmas músicas. Há e-mails não lidos: não me interessam. Há fotografias não digitalizadas: podem esperar. Pouco importa agora. Só quero mesmo o que posso: minha música, meus travesseiros, minha água com gás.

“I ain’t got time for the games
    ‘Cause I need you
    Yeah, yeah, why I need you
    Oo, I need you
    Whoa, I need you
    Oo, all this time ”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s