Dieteticamente insana – parte II

Arremato a tarde de uma segunda que começou com insônia à meia-noite, blogagens até às 4h da matina, trabalho atrasado, chocolate diamante negro no café da manhã, dois pratos de feijoada com pimenta e coca sem ser “laite”… office-girl retornando do banco com o cheque sem depositar porque eu fiz o favor de escrever o número de minha própria conta errado... … sim, arrematei esta tarde que era para ser “dáite” com um delicioso corneto de morango. Sem academia. Por que hoje é segunda-feira.

______________________________________

Retirei a foto do Garfield esmagado pela segunda-feira daqui porque o link estava conduzindo a muitos links maléficos (spam) diários.

“Lata d’água na cabeça” – parte III

Sabe quando tu olhas no emiesseene se a pessoa te deletou? Sabe quando tu abres o outlook de minuto em minuto para conferir se a pessoa te escreveu? Sabe quando o telefone está na tua mão com todas as campainhas ativadas? Sabe quando tu estás torcendo para a pessoa estar acordada? Sabe quando tu abres o blog dela e dá uma saaaaaaaaaauuuuuuuudaaaaaade? Pois é. TÔ assim, toda Mad Alena: Louca e Madalena. A arrependida.

“Lata d’água na cabeça” – parte I

Sabe quando você se excede? Sabe quando você fala besteira para uma pessoa muuuuuuuuuuuuuuito importante? Sabe quando você fica à noite, depois de acordar da bebedeira, sem dor de cabeça física, mas com consciência pesada, pensando em como vai pedir desculpas e com vontade de atrapalhar a madrugada alheia com um meloso telefonema do tipo vem-para-cá-correndo? Sabe quando você sente falta? Sabe quando você é malucamente louca e afasta quem você quer cada vez mais perto? Sabe quando a banana do personare te avisou para não falar besteira, mas você falou porque afinal é (ir)racional e tenta não acreditar nestas coisas astrológicas que sempre dão certo com você? Sabe quando você fica com cara de cachorro arrependido e bico de criança?  Pois é: tô assim.