A vida tão simples é boa

É isso aí.

Deu saudade hoje de todas as vezes em que eu tinha um alguém sempre a me esperar. Senti falta do companheiro de leituras. Ele lia o livro todinho calado, na dele. Depois, colocava o exemplar em meu caminho de todas as formas. Até que eu o percebesse. Quando as provas e o meu trabalho permitiam, então, eu me deitava à tarde de banho tomado na cama gostosa e lia… lia… lia… Findo o livro, à noite, em casa, com certeza, havia velas acesas, mesa posta e jantar especial. Vinho bom. Sempre os portugueses, de que gostávamos.

Mas a surpresa às vezes vinha em forma de buquê ou de jóia e de chegar mais cedo em casa, para tomar sopa e abraçar no sofá. Rapidinho, com disposição, o pão-com-café-e-sopa cotidianos acabavam virando bacalhau ao forno ou o maravilhoso spaghettini

E depois havia a varanda, um décimo quarto andar, duas taças e um homem e uma mulher. Que partilhavam leituras. Filosofavam. Discordavam. Argumentavam. Convergiam. Poetizavam. Intertextualizavam. E livros se transportavam de lá de dentro da estante para a mesa que recebia a luz do luar após a meia-noite. 

Companheirismo, sabe?

Recordo então o abraçar apertado na cama mais tarde. As pernas entrelaçadas. Os beijos nas costas. E a certeza de que acordar seria mais doce e menos vazio na manhã seguinte.

É isso aí. A vida tão simples é boa.

_________________________________________

 A vida tão simples é boa. É. E como eu a queria nesta noite!

Com outra pessoa…   

Anúncios

4 comentários sobre “A vida tão simples é boa

  1. Ainda vão pintar novos companheiros de leitura e de noites aconchegantes. A vida será simples e boa como deve ser. O duro é ter paciência para esperar, mas tenho certeza qe vc vai ser muito, muito feliz!

    ___________________________________________________________________________________________

    Bom , Meg, certeza, certeza, ninguém a pode ter. Mas uma coisa é certa, eu tenho vocação para ser feliz. Ontem de madrugada o lance foi que perdi o sono e fiquei melancólica, louca  de vontade de estar com um love naquelas circunstâncias que bloguei…  Valeu pelos desejos!

  2. Alena… eu nunca comentei aqui, mas entro sempre…
    Amo como vc vê o mundo…
    E desejo pra vc um BOM companheiro…
    De coração… sou sua fã…
    Beijão sua eterna aluna!

    _____________________________________________

    Que bom ! Adorei saber de você por aqui. O ruim quando não comentam é que a gente não sabe quem lê. Adoro você, sinto saudades de sua turma, tão especial. Tekkinha, estou precisando do trabalho seu e de Bruno. A gente deve publicar algo.

    Um beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s