O ponteiro ou a solução Tabajara

O ponteiro da balança, vixi, nem é mais ponteiro, agora que me dei conta… O vermelho com cara de stop daqueles números insandecidos da balança digital da farmácia, do supermercado e do shopping insistem em marcar quilos a mais que você não pediu para ter, não quer ter, não gosta de ter e com os quais não quer aprender a conviver…

Mas quem foi mesmo que instituiu que mulher tem que ser magérrima??? Arght estilistas que não gostam de mulher! Arght publicidade que nos ataca com os iogurtes diet  que nenhuma daquelas modelos se arriscam a beber e nem a comer aquelas barrinhas de cereais… Feliz quem passava a pão e água antigamente. Nos tempos de hoje, água basta porque até olhado engorda!!

Depois de uma tentativa (insana) de conciliar trabalho e atividade física (que me tem feito ter prazer enorme comigo, com o suor pingando no corpo, com os músculos enrijecendo, com o shortinho definindo… ) , fui hoje descobrir que … argth! arght! arght! Fui  faceira à balança hoje e AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Os quilos tabajara continuam lá. Eu não pedi, eu não chamei por eles.

Só existe uma forma de diminuir o peso, não há jeito: fechar a boquinha, mas na família de glutões da qual eu venho… hum, tá difícil.

Ou então, tive idéia melhor: vou mandar fazer uma balança digital, moderníssima, com scanner de mente (pode ler demente) que marque sempre o meu peso ideal do dia, aquele que eu acordar com vontade de ter.

Assim vou fazer para me achar linda todos os dias, inclusive naqueles de tpm.

Ah, está curioso(a) do porquê do post? É porque depois da megera balancinha marcando um peso que eu não quero ter e de dar aulas até às 22h35, eu tenho uma linda e deliciosa pizza cheirando muito aqui no forno a me esperar. E uma taça de vinho tinto português(que eu já disse que adoro).  Danem-se as Giseles desbundadas da vida.  ( buá ou tin tin ?)

9 comentários sobre “O ponteiro ou a solução Tabajara

  1. Tin-tin…Concordo com tudo. E quero uma balança igual, que minta pra mim e me faça feliz!!!

    ___________________________________________

    Mani, vou pintar no display meus quilos preferidos !!! Vai ficar ótimo.   🙂 🙂 Vou patentear e vender para meninas como nós (kkkkkk).

  2. Alena, fique tranquila!!!
    Você não está com o mesmo peso. Quando malhamos, trocamos a gordura por músculos e os músculos pesam mais!!
    Não queira ser magérrima, preste atenção na sua tabela de peso médica. Só não comprometa a sua saúde!!
    Boa sorte!! Beijus

    _________________________________________________________________

    Luma, obrigada pela preocupação, mas ainda não virei músculos (risos). A preocupação significa o resultado da equação comida + comida = peso estável, mesmo malhando (ahahaha) Não tenho mais vontade de passar fome. Não estou nenhum desastre, mas também não estou com os quilos que eu quero agora. Ai, deixa setembro entrar. Em agosto não dá muito para fazer dietas.

  3. Alena, não tem jeito. Pessoas como eu, e pelo visto você, e mais um montão de gente, vai passar a vida dosando a neurose com a balança — em umas épocas mais, em outras épocas menos. Vc já sacou o básico: não existe fórmula mágica, é fechar a boca e fazer algum exercício físico. O segredo da felicidade é (dizem) saber estabelecer metas pessoais razoáveis. E fim de papo. Beijos.

    ________________________________________________

    Anna, sempre soube disso, há anos! Mas menina, que vontade de emagrecer em três dias, aliás, dava para ser em um? Foi até bom ter escrito isso ontem, porque agora me deu vontade de malhar mais.

    Falar em metas, eu andava aqui angustiada para caramba com umas coisas, até perceber nesta madruga que as metas que me inquietavam não eram minhas, eram as alheias. Ora, danem-se!

    Liberta de novo!!!

  4. Meu caso é diferente, mas um pouco parecido. Resolvi brigar de vez com a balança, não me relaciono mais com ela. Mulheres magérrimas e homens saradões, realmente, tenho que perguntar quem disse isso? Ultimamente não tenho brincado em serviço, meus pratos me surpreendem a cada dia, no entanto, a balança parece quebrada… o ponteiro teima em não subir. Por isso decidi que quero ser saudável e as carnes que apareçam, se quiserem.

    __________________________________________

    Ahahaha… uns com tanto e outros com tão pouco! Relaxe você, coma direito mesmo , que está em fase de desenvolvimento!

  5. Viva e não tenha vergonha de ser feliz. Não é isso que diz a canção? Tin-tin!

    _________________________________________

    Vocês são ótimos amigos!!! Ahahahhaha!

    Hoje à noite vai ter um robalo delicioso preparadíssimo por mim mesma, um arroz com alho e uma saladinha de matar de delícia. Já malhei hoje, mas assim não dá! 

      🙂  🙂  🙂

  6. Aleninha, sabe que esse é o meu calcanhar de Aquiles, né? Mas olha só, socialmente falando, é produtivo (sic) que a mulher se preocupe tão desmesuradamente com a aparência. Daí ela não vê que precisa continuar e aprimorar a revolução (sic de novo) não vê o tanto que podia fazer e como ainda é submissa aos padrões insanos; não enxerga como essa ditadura da beleza da magreza e da juventude servem aos interesses mais escusos…Quem é obrigado a passar tanto tempo (sei que não é o seu caso) pensando em como ficar mais insanamente magra, bonita ou jovem não vai ter tempo nem energia para ver o que realmente anda pegando por aí, né? Mas atire o primeiro batom a mulher que não pensa nisso…Muitas horas por dia… Pra gente ver como é eficiente essa forma de dominação. Beijocas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s