Ordem diária

Pablo Picasso Mulher no espelho 

Vontade de dar certo combina com planejamento estratégico mínimo.

Acordar cedo, mas no tempo exato do seu sono. Banho gostoso com aqueles produtinhos de madame que você adora. Roupa leve, que a gente mora nos trópicos. Sandália baixa. Uma prancheta de planos para o dia, uma agenda marcada com lucidez, sem exageros e uma caneta para ir ticando tudo que for resolvido.

A certeza de que a vida é pra valer, que o dia é seu e que nós escolhemos como vamos chegar aos nossos objetivos. Obstáculos, desvios? Não podem ser planejados. Mas você tem que estar preparada.

Muita coisa estava errada. Muita gente atrapalhava. Palpiteiros de plantão que não gerenciam a própria vida. Hora de se saber mulher, de se saber humana, de se saber animal.  Racional e limitado. Acertos, certos ou incertos. Erros exatos.

Certeza de que muita mudança está por vir. De casa, de celular, de trabalho, de horizonte. Mais estudos. Mais pessoas novas. Mais amigos.

Planos tão pequenos que podem ser realizados. Prazos generosos, que eu sou gente.

Anúncios

4 comentários sobre “Ordem diária

  1. Palmas pra você. Pois eu sou assim também – adoro ver as coisas de maneira simples e viver da melhor maneira que posso.

    ***

    Moça, me deixa seu e-mail nos comentários lá da Casa pra eu te mandar o selinho anti-plágio!

    Beijos!

    _______________________________________________

    Fui lá, já escrevi mil coisinhas e deixei o e-mail.

  2. Ah, por que estes palpiteiros de plantão ? Por que comer engorda ? Blé

    ____________________________
    Aprendi a lidar com eles. Sempre fui diplomática, mas agora aprimorei: respondo cortantemente com delicadeza… hahahaha

  3. Alena, você é uma moça sábia…Planejamento mínimo, essa é a chave, eu acho.

    Etiquetei você, espero que não se importe. Beijão.

    ________________________________
    Sempre planejo, mas às vezes canso de tudo. Minha alma hiper ativa não se aquieta e odeia obrigações que oprimem. Faço as listas para cumprir 90% delas e depois para não fazer nenhuma das coisas até que tudo caia na minha cabeça como um dilúvio… que refrescará e abrirá novos sóis.

  4. há tanto para ser feito, lugares aonde ir, pessoas para encontrar, e o pior de tudo é saber que estamos presos ao tempo, mas pensando bem o tempo não passa nós é quem passamos.
    Caminahando e cantando e seguindoa as canções….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s