A noite em que você não vem

A noite em que você não vem

passa úmida,

passa fria,

passa longa.

É noite de dormir profundo

porque é desnecessária a vigília leve de acalanto.

É noite de dormir no abandono

no vazio de uma cama cheia de travesseiros.

Os sonhos perturbam a paz irriquieta de outrora

quando o meu corpo te sabia perto.

E durmo não dormindo.