As fotos não mentem

Há um brilho no olhar,

uma candura no rosto,

uma esperança que se entrevê

na inocência de fotos antigas.

Jamais pensara eu outrora

que hoje seria findo

aquele amor, aquele riso, aquele abraço. 

Aqueles planos já obsoletos

agora parecem mentiras sinceras

de um quando que passou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s