Eu vi a cara da morte

A cara da morte é desfiguração.

Os olhos ficam embaçados e perdem o viço.

Uma nuvem quer apagar a vida enquanto o corpo ainda resiste,

relutante, a aceitar que  perece.

A névoa apaga o olhar.

Tira-lhe o brilho, tira-lhe as lembranças.

O corpo fenece lentamente, treme um pouco, sua.

Frio, muito frio.

.

Um gemido agoniado,

um revirar de olhos,

um suspiro de quem não queria ir.

É findo. Terminou.

.

Os vasos entopem, o líqüido derrama.

Pinga do corpo estendido: necrotério de sonhos.

Mãe.

Anúncios

7 comentários sobre “Eu vi a cara da morte

  1. Maravilhoso. Cheguei a ficar emocionada. Nunca morri, kkkk, mas acho que é assim mesmo. Já vi uma pessoa, daquelas que nunca se imagina frágil, doente, sem vida, morrer quase em meus braços e… um corpo, inerte, frio, oco, sem alma, sem personalidade… foi tudo isso que vi. Impressionante! Somos todos iguais mesmo, quando estamos só… corpo. Beijos. Parabéns pela descrição.

  2. Perder um ente querido é doloroso. Mãe, pai, filho, amigo, irmão, amor. Perdê-lo [nos braços ou ao lado, na cama] mostra nossa incapacidade diante da única certeza da vida. É preciso coragem para superar, aliás, deve-se precisar muito mais do que isso. Não sei… Mesmo acreditando na dissipação da vida em outras formas, não me vejo sem minha filha, sem meus pais, “minha” mulher, meus sobrinhos e irmãos, sem meus amigos…

  3. Pouco a pouco percebo o quanto estou perto da morte,não por enfermidade nem mesmo pela idade mas pelo simples fato de ter perdido o colorido para viver,procurei por uma imagem e vc me deu uma definição;morrer todos vamos,porém…quem sabe procurando a morte eu não encontro a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s