Quando

O tempo de Vinícius é quando. O meu também está sendo e creio que por isso ando angustiada.

Vontade de começar (pela milésima vez) a fazer ginástica: clichê que já me cansou. Matrícula na dança: eternamente adiada. Nova graduação: cara demais (ninguém falou a  estas faculdades particulares o valor do salário mínimo?). Mestrado à vista: vagas que nunca abrem, projeto, burocracia, sacrifícios. Comidas ruins da empregada: falta-me tempo para cozinhar. Vontade de dormir: ter que acordar cedo. Vontade de viver: provas a corrigir. Dieta: insanidade do fim de semana. Compras: limite de cartão e cheque. Apartamento novo: o contrato demorará a vencer. Lembranças do passado: já passadas. Perspectivas do futuro: ainda futuro.

Amanhã será outro dia? Não. Será segunda-feira.

Anúncios

3 comentários sobre “Quando

  1. Mas há beleza nas segundas-feiras.
    Vamos ver cores na rotina?
    Acho que vou aprender a ser assim.

    _____________________________________________________

    Depois de praguejar tanto… a vida me deu A segunda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s