Pai

“- Senta aqui que o jantar está na mesa… “

Lá em casa a gente sempre tinha que esperar meu pai chegar para jantar e ele sempre tinha que vir almoçar conosco também. Às vezes, demorava, e, na espera impaciente de criança, a gente não entendia os porquês de nossa mãe.

Hoje a ausência me dá a enorme dimensão daquela espera que me faz tanta falta. Tanta falta…

Anúncios

6 comentários sobre “Pai

  1. Também faço parte das pessoas que comemoram o dia dos pais in memorian…

    __________________________________________

    É só saudade e tristeza, misto de um quê de orfandade. Só um pai nos acode incondicionalmente…

  2. Alena,
    Faço parte desse enorme clube. O dia dos pais, como o aniversário dele, que por infelicidade também é o meu, tornaram-se dias tristes. Viraram dias de introspecção, de saudade, inconformismo com a morte. Não adianta virem dizer que é o curso natural da vida.
    Beijão

    ____________________________________________________

    Exatamente isso. Eu creio no curso da vida, mas quem disse que estou preparada para ele? Muita tristeza.

  3. Oi Alena!!

    Ainda tenho o meu pai… e só de pensar que talvez um dia ele não esteja entre nós (pq também posso ir antes, nunca sabemos), dá-me um nó na garganta… O que conforta o meu coração é acreditar que um dia haverá o reencontro…

    Beijos e um lindo dia

    _______________________________________________

    Sheila, que bom que o seu coração se reconforta… mesmo sentindo muitas vezes as intervenções dele… eu fico triste. E olha que não creio em reencarnação.
    Ninguém quer perder um pai em dia nenhum e é incrível como nós nos incomodamos com a falta que ele faz… Saudade e tristeza profunda misturadas a uma alegria tão grande de tê-lo no passado… Haja confusão interior.

  4. A partir de hoje estou que nem vocês, acabamos de chegar do velório, a casa parece tão vazia, parece que os comodos estão maiores, e eu nem seu por onde começo me organizar, não sei se estudo, se trabalho, se como, vejo minha mãe na sala chorando, minha irmã no quarto chorando, não sei o que faço se me dou ao direito de sofrer ou me preocupo com elas. Não aguento mais isto de “o tempo conforta” ou “se apega em Deus” nossa cade Deus que não impediu isto? Cade Ele para fazer o tempo passar?
    Nunca estive tão mal! Se alguem puder me ajudar meu msn é emilioandradeczar@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s