Proibido ser mulher

https://i2.wp.com/pitux.blog.simplesnet.pt/archive/xiu.JPG

É proibido ter passado.

 É proibido ser quem você é.

 

É proibido não ser virgem.

É proibido ter amado.

É proibido ter morado junto.

É proibido ter sentido desejo.

Na mente, no corpo, no sexo.

 

 

É proibido gozar.

Gozar é feio.

Mulher não goza.

Mulher não trepa.

 

 

É proibido fazer dieta.

É proibido fazer escova.

É proibido pintar as unhas de vermelho.

É proibido usar decote.

É proibido receber os amigos em casa.

É proibido ter casa se não se casa.

 

 

É proibido sair à noite sozinha, voltar para casa tão tarde.

 

Mulher não deveria beber.

Mulher não deveria saber.

Mulher não deveria querer.

Nem trabalhar.

Nem pagar suas contas.

Nem trepar.

 

Mulher abaixa a cabeça.

Mulher fala manso.

Mulher não diz palavrão.

Mulher não sente tesão.

 

Mulher é educada.

Mulher é mosca morta.

Mulher não se vinga.

Mulher não grita, não quebra prato, não se irrita.

 

Mulher não bebe muito.

Mulher não bebe cerveja.

Mulher nem bebe.

Só água, sucos e coquetéis sem álcool.

 

Mulher não vai ao estádio.

Mulher não vê jogo.

Mulher não anda em bar.

Mulher não conta piada.

Mulher é a piada na cabeça de machistas anacrônicos de plantão.

 

 

Conte-me outra.

Se assim é,

não posso ser uma mulher.

 

Mulher, meu caro, é tudo que se quer.

Ser.

 

https://alenacairo.files.wordpress.com/2007/10/devorss35.jpg?w=249

Anúncios

16 comentários sobre “Proibido ser mulher

  1. Simplesmente amei!!!
    Sim, ser mulher é ser tudo o que se quer ser!
    Sejamos mulheres a 100%, podemos tudo, somos o poder!
    Do gerar a vida a gerar o “dindin” que sustenta a casa, a mulher é mesmo PODEROSA! Faz tudo e de tudo, consegue ser detalhista, perfeccionista e ainda ser doce.
    Alena, voce é uma grande mulher!!!
    Homens: morraaaaaaaaaam de inveja!!! Voces precisam da gente! (risos)

    ______________________________________________________________

    Martinha, ‘italianinha poderosa’, você nem imagina como seu comentário ainda na madruga me deixou feliz. Um beijo especial!

    Alena

  2. Alena,
    As mulheres enumeradas, essas que são permitidas e aceitas, não valem a pena. Têm a alma pequena.
    Grande beijo

    _______________________________________________

    Lord, Lord, Lord!!!

    Muitíssimo obrigada, eu precisava ouvir coisas do gênero. Sucinto e certeiro.

    O post que eu (os posts aliás) te devo sai nesta semana. Ontem Ruy Espinheira falou de sua tia e contou-nos histórias de seu avô. Foi bacana.

    Alena 😉

  3. É o bom e velhor lugar das “mulherzinhas”…
    Linda poesia Al…
    Beijos

    _______________________________________

    Rê,

    AHAHAHAHAH 😉

    Haja papo sobre isso.
    Lembro-me logo de Deda Maria: Os homens que querem que as mulheres sejam assim não valem a pena para a gente.

    Se Deda falou (risos), tá falado.

    Al

  4. Poderooooooooosa! Lindíssimo! Exuberante!
    Mas faltou um especial:
    MULHER NÃO MENTE!
    Amei de paixão.

    ___________________________________________

    Elly,

    Bom, tentei entrar em contato, mas ao que parece seu e-mail não é este.
    Adorei a sua lembranças. Mulheres mentem sim. E isso é muito bom porque existem coisas que não se diz, não é? Pena que eu me esqueci de colocar no poema. Virá um post sobre isso.

    😉

    Alena

    p.s.:Ely, faltou realmente!!!!

    Obrigada pela participação. Este poema tem um porquê.
    Acompanhe…
    Alena

  5. Alena,
    Lindo e sensível. Me tocou prfundamente.

    Beijos,
    Mari

    ______________________________

    Mari, estou precisando te ver! Perdemos contato.
    Obrigada pelas suas palavras doces. Beijo

    Alena

  6. Cambaio.
    Como sempre o velho Chico (e Edu)falando de mulheres:

    Eu quero moça que me deixe maluco
    Moça disposta a me deixar no bagaço
    Essa moça zanzando na minha raia
    Eu quero moça que me chame na chincha
    Com sua flecha que me crave um buraco
    Na cabeça e não saia

    Que não abaixe a fronte
    Que vai por onde quer
    Que segue pelo cheiro
    Quero essa mulher
    Que é de rasgar dinheiro
    Marido detonar
    Se arremessar da ponte
    E me carregar

    Vejo fulana a festejar na revista
    Vejo beltrana a bordejar no pedaço
    Divinais garotas
    Belas donzelas no salão de beleza
    Altas gazelas nos jardins do palácio
    Eu sou mais as putas

    _________________________________________________

    Beto, você botou para PODER!
    Lembrar Chico aqui foi p-o-d-e-r-o-s-o. Sim, sim, sim. As putas são mais interessantes que muitas mulheres caladas, silenciadas e sem autenticidade. Ah, e não nos esqueçamos que ser mulher também é ser erótica, sensual e puta. E ninguém aqui está falando de estar no calçadão necessariamente nem ganhando dinheiro com isso.

    😉

    A

  7. Lindo texto no sentido estético. Mas as palavras desprovidas de emoção, apenas constroem idéias bonitas. E é uma versão. Na realidade os sentimentos, inseridos em certos contextos prescindem delas. Ou melhor, não são se permitem ser traduzidos. Concordo a assino tudo o que escreveu, mas precisaria ouvir a outra versão.
    Ah! Seus os leitores, e eu sou um deles, foram muito demagogos.

    Dudu

    PS: Segundo Terto, e eu acredito, Ely não é seu pseudônimo.

    _____________________________________________________

    Cada qual com sua opinião.
    Que versão?

  8. Mulher é tudo isso!!! Que se quer ser!!!
    E tem de ser assim.
    Gostar da mulher é diferente de gostar do sexo feminino.

    __________________________________________________

    Ô, Guigo! Que lindo! Adorei seu comentário. Como é diferente gostar de mulher e gostar do sexo feminino…

    Beijos

    Alena

  9. Esse cara do nr 7 tá surtado?

    Se esse texto não tem emoçao esse leitor ai está em coma!

    é um texto bem realista que narra o que SENTEM as mulheres (as que estao acima da media) quanto às pressoes diretas e indiretas que recaem sobre nós todos os dias.

    como o século XXI tem poucos homens evoluídos culturalmente (grande parte ainda está na era industrial ou pré)ainda sofremos “ataques” baixos e realmente, demagógicos.

    Por exemplo, demagogicamente ouvimos homens dizendo que aprovam e incentivam que suas mulheres trabalhem fora, mas sempre tem o “desde que”…

    desde que não seja melhor sucedida que ele, desde que não seja mais resoluta que ele, desde que não seja muito independente, desde que não seja muito interessante, atraente e inteligente, desde que o chefe e os colegas não tenham interesse por ela… xyz….

    Então, Alena, seu texto é uma síntese do que vivem e sentem mulheres que estão na labuta da sobrevivência contemporânea.

    Pena que os homens não consigam perceber e nem respeitar essa nova mulher que surge, pois (eles não deram conta de manter sozinhos o capitalismo e ganancia que promoveram nos ulitmos tempos) de certa forma pensam que o pau delas é maior o que o deles.

    Assim, eles se voltam ao passado, no banheiro da escola, quando – garotinhos – mediam o próprio pauzinho com o do coleguinha para saber quem “ganhava”…

    Pena que os homens se coloquem em competição com as mulheres, pena que os homens sejam tão míopes e inseguros, pena que os homens ainda não evoluíram para além do falo…

    Pena que os homens acham que retóricas e prolixidade convençam as mulheres sobre o quanto perdidos e imaturos se encontram nos tempos atuais…

    gostaria muito de ver a versão masculina do que sentem os homens verdadeiramente, sem demagogia, sem ironia, sem hipocrisia…

    gostaria de ver mais homens verdadeiramente “nus” e bem menos aqueles que trepam com o próprio espelho – “montando” sobre uma mulher – e olhando seu reflexo na parede para ver os biceps crescendo… lastimável!

    gostaria de ver os homens mais sóbrios da própria condição, para enfim perceber a condição de outrem…

    parabéns amiga! bjs Soll

    _________________________________________________________

    Soll, estou sem palavras.
    Sorri ao ler você. E admirei-a. Mais.

    Eu também queria ver mais homens nus.
    Um beijo

    Alena

  10. p.s. esses homens “lindos, gostosos e machos (se dizem) e pau grande (como eles propagandeiam e imaginam como diferencial) servem às mulheres como as putas aos homens. A gente dá uma trepadinha, avalia a performance e volta (ou não) quando quiser gozar sem compromisso. Por que homem para ser companheiro precisa de muito mais que um pau e uma estupidez masculina (machista e controladora). Como diz o número 8 acima, gostar de homem é diferente de gostar do sexo masculino”.

  11. Alena,
    texto emocionado e emocionante. E ponto final.
    Beijo, parabéns.
    Vivina.

    ___________________________________

    Vivina, adorei a força do seu comentário sucinto. E ponto final. Bem-vinda sempre!

    Alena

  12. Iuxeeeee!!!! 😮
    Agora, danou-se!
    Eu faço tantaaaaa coisa dessas aí… A começar pelas unhas vermelhas, o decote e sem esquecer da “micro-roupa” e da purpurina! (pq eu nasci pra brilhar!) Rsrsrsrs…
    E eu quero ver quem é o “homem” que vai ter a coragem de dizer que mulher “não pode” uma coisinha sequer… “Sou mais macho que muito homem” ??? Eu faria uma pequena correção… SOMOS mais machos do que QUALQUER homem! Isso sim! Sexo frágil? Desculpa que “eles” inventaram pra tentar nos tapear… Da mesma forma que o filhotinho de elefante qdo é pequeno, é amarrado no toco de madeira preso no chão. De tanto tentar sair e não conseguir, ele desiste de tentar, cresce, passa a ter força para arrancar toco, terra, e se duvidar o circo inteiro… mas continua achando que ainda não tem forças … Igualzinho qdo era filhote… Eu não… Eu é que não sou um Elefante ! =)
    Bjossssss Alena! E bom fds… Até semana que vem! 😉

    ________________________________________________________________

    Isis,

    Que maravilha vê-la aqui. Suas contribuições são bem-vindas ! Gostei desta do elefante, não a conhecia. Mas é assim que funciona o assédio moral. De tanto nos dizerem que somos incapazes, podemos um dia até acreditar. Corta essa! Mil beijos
    Ah, saiba que eu admiro sua audácia em usar estas micro-roupas. E brilhe mesmo, que nosso tempo de existir é agora.
    Alena

  13. Li praticamente todos os seus textos.
    Estou maravilhada, sem demagogia, q mal consigo voltar a revisar meu artigo que deverá ser entregue amanha.. (risos)
    De coração mesmo, parabéns!
    E com ctza ler seus textos me fez refletir sobre muita coisa!
    O poder da escolha.. finalmente decidi visitá-la e me arrependeria (ou n desfrutaria do prazer) s dormisse e n tivesse lido palavras tão tocantes, ora em sua simplicidade, ora complexidade… mas todas com as mesmas caracteristicas: perfeição, emoção, sensibilidade.

    simplesmente: AMEI!

    Ah sou aluna de Direito do 2° C da Jorge Amado….
    E relembrando o texto sobre alunos e ex-alunos.. eheuhh
    tais palavras n fazem parte de uma amigavel relação pq s tem notas, boletins, avaliações em jogo…

    Tais palavras sairam d um mundo, o qual tbm chamo d meu, q desvela a emoção.

    Grandes Bjos
    Lou-Andreas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s