Diálogos impossíveis

– Amor, bom dia!

– Olha, meu médico foi assaltado no estacionamento do banco… Com revólver e  tudo.

– É… a coisa tá feia.

– Tenha cuidado, você que vive na rua… Uma amiga minha também foi assaltada andando na rua durante o dia…

– Não, amor, eu vivo em casa. Quase não saio.

– Sai sim.

– Para trabalhar, para o básico, vez ou outra para me divertir…

– Eu só vejo você na rua, saindo todo dia, indo para boate e tal…

– Amor, eu saio pouco, eu vivo em casa praticamente.

– Ah, tá, tá, eu estou aqui tendo cuidado com você e você fica aí replicando? Então tomara que seja assaltada!

Um comentário sobre “Diálogos impossíveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s