Caloura

Ano passado, acordei num domingo cedo (com aquela impressão de que perderia a hora) e, após tomado o rápido desjejum, dirigi pela avenida Paralela em direção a um novo tempo. Decidi fazer vestibular.

Após a graduação e a pós, com 32 anos, retornar ao banco dos calouros é, no mínimo, curioso.

Vi um garoto dirigir às 7h30 da manhã de domingo com os pés em cima do banco e um braço para fora do carro. Eu o conhecia. Tinha 17 anos. O pai ou a mãe lhe dera o carro para ele ir fazer vestibular também. Não acreditei, mas sabia que era esse o mundo do qual faço parte também – ainda que não comungue com este pai, esta mãe ou este garoto.

Fiz a prova em poucos minutos, menos de uma hora, e fui bem – que diferença do tempo em que tinha 17 e concluíra o 2  grau, gastando ao menos 3h30 das 4h propostas pelo exame.

Passei e senti uma alegria grande de receber o resultado. É sério. Comemorei e tudo.

 * * *

Nesta semana, já se completa a primeira de aula: três dias antes do carnaval e mais dois agora. Ainda não achei o meu lado da sala, a minha turma, a minha cara. Nem sei se acharei. Talvez sim, talvez não.

Gostei de estar do lado de cá de novo, de ser estudante, sentir a pressão de ter que aprender, mesmo sabendo que não tenho que aprender, mas que gosto de aprender.

‘Para variar’, a aula mais delícia de todas foi a de Filosofia. E eu me lembrei muito de uma amiga, muito melhor que eu: ela, depois de fazer Direito e Letras, concluiu que estudaria Filosofia ou Arte.

* * *

Muitas novidades virão. Por enquanto, eu tenho colegas que estudam a disciplina “Introdução E Economia” conforme registraram em seus cadernos. Mas eu estou matriculada na Introdução à Economia.

Ah, o curso? Direito.

Anúncios

12 comentários sobre “Caloura

  1. Acho piada ao que diz sobre os seus novos coleguinhas: Menino que recebe carro para ir para a faculdade (é o status, é o status) ou os meninos que não sabem sequer o nome da disciplina em que estão matriculados… No Brasil como em Portugal, são os estudantes do século XXI 😉
    Bom reinício para si 🙂

  2. Oi Alena,

    Que delicia essa noticia! Parabens!!! Fico muito feliz por voce!
    Estou na etapa final das ‘aventuras no exterior’ (risos), mas daqui a 3 semanas estarei em Salvador.
    Bjinhos,

    Marta

  3. Se você fizer psicologia, juro que temerei ainda mais o seu gênio…

    É, no mínimo, interessante e temível alguém que domine as letras, as leis e o entendimento da psique humana.

    Boa sorte em sua nova jornada! Sucesso sempre!
    Vini

  4. Calouraaaaaaaa…
    Agora vc não é mais minha “pró” Rsrsrs (brincadeira, será sempre!)
    Vc vai se encontrar sim… Seu lado da sala, seus colegas (pode até se decepcionar com eles dps, mas passa 😉 e vc encontrará outros…Rsrsrs)
    Conte comigo para oq vcS (rsrsr) precisarEM… Rsrsrsr
    Te Adoro mesmo, sabe disso!
    Boa sorte e até os corredores! =D
    Bjosssss

  5. Alena, tudo bem?

    Sou jornalista da IstoÉ e estou fazendo uma matéria sobre o livro da Amy Sutherland, algo como “Como Adestrar seu Marido” e gostaria de conversar com você, pois vi seus comentários sobre a obra em um blog Poderia entrar em contato?

    meu e-mail é debora@istoe.com.br

    muito obrigada, desde já

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s