Alguém aí tem bom senso?

Alguém aí suporta o absurdo televisivo feito do caso Isabella Nardoni? O que é isto, gente?

Trilha sonora, interrupção de programação, câmeras ao vivo na casa de todo mundo que tenha qualquer ligação com o caso ou parentesco com os envolvidos, programação especial, violência infantil etc etc etc

Isto é jornalismo?

Isto é justiça?

Ninguém mais tem bom senso?

* * *

A filha de um amigo meu com três anos estava de castigo. Ele estava ocupado corrigindo provas. A menina o chamou insistentemente. Ele se recusou a atendê-la porque estava de castigo. Ela chorou, então o pai foi ver o que havia. A menina estava com medo do pai jogá-la pela janela do apartamento.

* * *

Minha irmã tem 15 anos. Sonhou ontem que a filha de uma amiga nossa tinha sido jogada do sexto andar.

* * *

Minha avó tem 83 anos. Disse-me que está tensa de ver tanta tv. Aconselhei-a a desligar de vez o aparelho. Mas ela não pode. É sua maior companhia.

* * *

Ninguém mais tem bom senso?

Dizer que o caso é de interesse público é uma coisa. Outra é fazer PAUTA ÚNICA MONOTEMA (se os jornalistas dizem, obedeço; mas que é monotema é.).

_______________________

Up date 2: Eu me cansei disso, sabia ? Que descubram os culpados e depois publiquem, não creio que o crime seja de TANTO interesse público, transbordou o bom senso para mim. Na minha vida não cabe investigação passo a passo do caso Nardoni nem de nenhum outro. A gente quer saber, mas a gente quer bebida, diversão e arte, a gente tem fome de comida e de outras coisas. Cansei desta ‘cobertura melequenta’ da mídia.

Anúncios

9 comentários sobre “Alguém aí tem bom senso?

  1. Concordo com você Alena. Fora que essa divulgação que a mídia faz chega a ser irresponsável porque o papel de decretar culpas e inocências é da justiça, não é mesmo? Mas sendo a Mídia o quarto poder no nosso país, ela devia se engajar em compreender a questão, mostrar porque chegamos a este ponto, fazer estudos, analíses, trazer reflexões, mostrar evidências… Me sinto bem insatisfeita com esse decreto que a mídia tem dado. (mesmo achando que eles são culpados!)

    Beijo Alena!

  2. Nossa, essa “overdose” de notícias repetidas é desgastante! Parece que esse tornou-se o único caso de barbárie contra os direitos humanos em nosso país. Concordo que se dê destaque ao caso, até porque a mídia ajuda muito nesses casos. Mas, que a coisa seja feita com discernimento entre o que é real e o que é fantasia. Parece uma novela, mexicana, é claro!
    E onde ficam os outros casos diários que ocorrem no Brasil e no mundo inteiro? Aprovo que se abra espaço para a divulgação desses crimes, mas que seja amplo, para todos os casos, os dos ricos e dos pobres. Porque a criança pobre da favela, inocente, que morre de bala perdida, fica sendo mais um caso na multidão solitária em que vivemos nos tempos de hoje. 😦

    Bj,

    Martinha

  3. Alena,
    concordo com vc e o resto do Brasil, é de não aguentar mais. Entretando fico me perguntando se não fosse esse circo armado, os culpados seriam presos, ou ficariam passeando de mãos dadas nas ruas e shopping???????
    Bjs

  4. O fato era o mesmo em um primeiro momento. depois, ele teve um monte de desdobramentos e os focos dos meios de comunicação ganharam novos caminhos. Como bem comentou Gabi, não existe pauta única no jornalismo. Cada abordagem de um mesmo fato através de PAUTAS DIFERENTES. O que acontece é que os meios de comunicação decidem, muitas vezes arbitrariamente, o conteúdo que vamos assistir, ouvir ou ler. É a chamada Agenda-Setting.
    podemos questionar que os meios de comunicação (o conceito de mídia é muito abrangente…) costumam exagerar na repetição de uma mesma notícia. É outra coisa. Temos o direito de assistir a outras coisas e é muito chato não ter opção.

  5. Não acho que esta falta de bom senso seja exclusiva da mídia. Se essa informção não vendesse, jornalistas não ‘perderiam tempo’ na frente da casa dos Nardoni com suas câmeras ao vivo. A verdade é que quem verdadeiramente se incomoda, muda o canal (ainda que todos eles se protifiquem a falar do caso todos os dias, nem sempre é na mesma hora)e quem não, assiste.
    Mas cá com meus botões, penso que incomodados ou não, qualquer frase do tipo “novidade na casa dos nardoni…” chama atenção de qualquer um.

  6. oi alena! tudo bem? pois olha, em protesto, eu ignorei esse caso na tv. realmente, não sei onde está o jornalismo, porque isso que estão fazendo com a televisão e com o jornal impresso parece coluna de fofoca. sensacionalismo barato. enfim. querida, quero te fazer um convite: acesse http://caradepaubrasil.wordpress.com/ e clique em “convocação”. é um projeto de arte postal, quer participar? bjinho

  7. Oi Alena! Depois do seu comentário na sala e do que já tinha lido aqui, fiquei mais atento ao noticiário, e percebi que não é exagero o que você postou. Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s