Rapidinhas

1. O parto foi traumático.

2. Eu sofri demais. A neném também. Ambas estávamos estressadíssimas nos primeiros dias dela de vida.

3. Eu não quis receber visitas depois. Passei quatro dias atordoada no hospital.

4. Fiquei muito surpresa com a quantidade de cabelos que a bebê tem. Na hora, só acreditei que era minha filha porque só houve um parto na sala, porque eu confiava na equipe e porque o pai estava presente. É que a danada saiu a cara da minha mãe. E eu não me lembrava desta possibilidade genética. Não cogitei que pai+mãe=avó.

5. Não adianta: todos querem visitar os recém-nascidos. Mas só as mães sabem o que passam com 20 visitas familiares em casa no domingo com uma bebezinha de quatro dias, trauma pós-parto para ambas, pai e mãe sem dormir há seis dias, retenção monstruosa de líqüido, super inchaço pós-operatório, amamentação em adaptação, rotinas alteradas, sono… e almoço, sala e bate-papo a fazer no meio de tudo isso.

6. Por que há quem leve crianças doentes (com tosse, gripe e afins) a visitar recém-nascidos?

7. Por que as pessoas acham que podem pegar em recém-nascidos com as mãos que vêm da rua, do sanitário, da chave do carro, da bolsa, do elevador, do corrimão e etc?

8. Apesar de todos os cursos, do investimento em curso particular e tal, amamentar dói. E é difícil.

9. Todas as mães deveriam ir direto para o céu. Elas vão. E estão sentadas no trono de Deus Pai Todo Poderoso.

10. Ter filhos é maravilhoso.

11. Eu quero mais.

12. Ela vale tudo isso. E seu sorriso derrete qualquer um.

______

Depois, eu vou atualizar com calma muitas coisas que precisam ser ditas: Curso CALMA de amamentação em Salvador, Curso para Gestantes do Hospital Aliança, Ocitocina, Dilatação, Parto Induzido , Normal e Cesáreo, Rompimento de bolsa, Amamentação – colostro – empedramento – massagem – bomba , Visitas, Atender telefone, Licença-Maternidade (bendito Getúlio!)…

Anúncios

8 comentários sobre “Rapidinhas

  1. Alena, parabéns!!!!! Você resumiu maravilhosamente bem tudo. Precisando de uma rede de ajuda on line eficiente e acolhedora e lúcida, é o livro de visitas do blog mothern. Aquilo é uma maravilha, precisando, estamos lá. Ou grita ai. E vc resumiu tudo muito bem, era assim que eu me sentia também. Amamentar é dificil mesmo, por mais que digam que não. Mas ó, vou te falar uma coisa e pode mesmo acreditar em mim. Tudo passa, passa mesmo e muito, muito rápido, pra mim teria sido ainda mais prazeroso do que foi se isso ficasse em perspectiva. Amanhã meu baby faz cinco anos. e foi ontem eu tb estava assim, cansada e maravilhada e sem dormir e com visitas sem noção e tudo mais. Beijo grande, um beijão na pequenina.

  2. Parabéns! É bom saber que está tudo bem 🙂

    Numa casa, entre o arvoredo,
    Como pombas no pombal,
    Vivia um par, um casal,
    Alegre, em paz e sem medo.

    Erguidos de manhã cedo,
    Trabalhava cada qual:
    Dela era a casa, o bragal.
    Dele o pomar e o vinhedo.

    Eram dois. Mas vai, um dia,
    Foi por ali a alegria,
    Que passa, de quando em vez.

    Parou, entrou… Não sei bem!
    Ouviu-se a palavra: – Mãe! –
    Eram dois; ficaram três.

    António Correia de Oliveira in Antologia (1946).

  3. Maravilha que estão em casa, tudo em paz. Quanto às dores e as delícias de ser mãe, é bom saber a verdade, da forma como você relatou me pareceu mágico e bastante real ao mesmo tempo. Assim também uma outra amiga me contou, que apesar de ter sofrido muito no parto, assim como vocês, é uma dor que se esquece diante da plenitude de ter a filha em seus braços, esse amor infinito e inexplicável que se sente.
    Parabéns!
    Bjs

  4. Alena, muitas felicidades a você, à pequenina e ao maridão. Incrível como você expressa tudo realmente como nos sentimos nesses dias. Meu baby já tem 4 anos e parece q foi ontem a primeira vez que o amamentei….é maravilhoso ter alguém tão pequenino e saber e sentir que vai nos transformar para sempre. Curta muito, se eu pudesse seria mãe todos os anos !!!!! É a melhor coisa do mundo!!!Ontem meu filho disse: “mamãe linda, eu te amo demais…..”ai, ai….. a gente quase explode de tanta emoção !!! rsrsrsrs
    Beijo grande
    Carol (Uberlândia/MG)
    PS. Faz muito tempo que não deixo um recadinho, ma sempre passo por aqui.

  5. parabéns por ter passado por esta prova de fogo, agora tudo vai ficar melhor e cada dia mais lindo.
    Eu sou a favor de ser cara de pau nessas horas, não receber visitas mesmo, as pessos não têm semancol, então merecem não ver a mãe nem o neném, eu sou radical eu sei, mas fala sério, eu que não sou mãe sei o qto é dificil esse povo que sabe deve ir visitar pra se vingar, ahaha, só pode.
    beijos e deopis q td se acalmar vou ir te visitar.

  6. \
    Alena, parabéns!!!
    Quat às visitas, vc está certíssimma!!! Eu achei que ia tirar isso de letra, liberei as visitas e nego exagerou muito!! Tanto que eu já aviisei que no próximo, visitas nem pensar! É um momento muito seu e do seu filha, esse… não deixa interferirem não!
    bjs

  7. Alena, espero que tudo esteja mais nos eixos agora. É uma insanidade, às vezes é literalmente desumano com a gente, as mães, mas vale cada segundo.
    Beije ela por nós e compre pomada Lansinoh para esse peito! Foi o que me salvou. :-*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s