Gente sem noção

Parte I (minha irmã ao telefone com a cicrana)

” – Alô ? Oi, tudo bem?

– Tudo…

– Olha, eu vou passar aí agora com fulana…

– Não, dona Cicrana, não venha agora não que a gente não almoçou, não deu banho nos bebês e ainda tem que ir ao médico rapidinho (eram 13h38).

– Ah, só vou se for agora… então não visito… que horror, quero que minha amiga do interior veja o bebê e se não for agora ela só vai ver quando voltar (tom zangado).

– Venham cinco da tarde, a gente faz um lanche e os bebês estarão organizados…

– Não. Só vou agora.

-… … … então tá.”

Cena : as cicranas (parentes) chegaram, minha irmã amamentava seu bebê, eu amamentava a minha enquanto almoçávamos com olheiras enormes, desanimadas e usando apenas uma mão para comer.

Resultado: não conseguimos ir ao médico, o banho das crianças foi dado no início da noite e não descansamos um minuto sequer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s