Breves notas

Depois que eu pari, senti por três meses uma perda de memória absurda. É que 99,1% do meu cérebro só pensava em Alice e nas suas necessidades. Então o espaço restante no meu HD não dava conta de lembrar tudo que deveria. Se alguém me perguntasse o que almocei hoje, não seria capaz de responder ou trocaria com o almoço de segunda… Coisas do tipo.

Está passando esta fase.

* * *

Quando fiquei grávida, comecei a não combinar muito com cozinha. Queimei várias vezes o cuscuz. Aos poucos e quando Alice permite, volto a me arriscar na cozinha. Volta e meia algo tem saído bom.

Dois bolos nesta semana deram certo. Um flan de nozes com chocolate e calda caramelada. O cuscuz também. Uma torta salgada ( a não ser pelo detalhe de que caberia um pouco menos de sal na receita).

Andiamo amici….

* * *

Dezembro já chegou ??? Como assim?

* * *

Por que mães não recebem décimo quarto salário?

* * *

Licença-maternidade: ao pé-da-letra, se seremos mães pela vida toda, não dava para estender esta licencinha de nada?

* * *

Vontade zero de trabalhar agora. Ainda bem que emendarei com as férias.

* * *

Gente que passa a vida contando vantagem não tem vantagem alguma… Chatas estas pessoas, não?

* * *

Anúncios

3 comentários sobre “Breves notas

  1. Alena, é que cuzcuz não é tão fácil assim de fazer. Outro ponto (mais uma teoria sem nenhum findamento científico) é que a falta de memória tem a ver com a dedicação bioquímica do organismo à filhota durante toda a gravidez e a amamentação. Haja sais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s