Arnaldo

“Da boca que beija e diz,
asas de bem te vis
eu quis, e não dos pés
raiz.

Da tinta que fica; giz.
E da cicatriz, aqui,
eu quis a lá
pis.”

Arnaldo Antunes aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s