100 dias para mudar minha vida – Dia 16

Quinta-feira, dia de usar preto. Já perceberam quantas pessoas se vestem de preto na quinta?

* * *

Um dia , há muitos anos, uma senhora do meu antigo trabalho me disse que era a quinta o dia de Santa Rita, nem sei se é mesmo, e que , por isso, era costume se vestirem todos de preto como ela. 

Pode ser, questão de inconsciente coletivo já. Jung explica…

* * *

Eu não me vesti de preto. Estava de bege. Estou sem roupas pretas, depois de ter percebido o meu guarda-roupa black há uns anos (reflexo do meu astral na antiga relação) . Fiz então na época o projeto colorindo a minha vida  e me obriguei a ser a carregadora ambulante de estampas – das mais estapafúrdias, claro, que eu sou leonina.

Resultado: quase nada discreto hoje. Preciso comprar.

* * *

O projeto malhação minguou. Na prática, acordando como na vida rural, mas tendo pique urbano, não sobra uma brecha para malhar com uma filha tão pequena ainda. Morro de dó de sacrificá-la ainda mais. E, quando ela dorme, eu capoto na cama sem forças. Exaurida.

* * *

Tentativa sexta de voltar a  malhar. Vamos ver.

* * *

Almoço gigante, muito peixe com legumes. Dos males, o menor. Não foi tão ruim assim.

A boa: à noite, cheguei em casa e a minha filha já estava dormindo. Não a vi hoje. Tomei banho, uma sopa com cream cheese e biscoitos e fui dormir. Às 19h.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s