100 dias para mudar a minha vida – Dia 44

Saí, finalmente, daquele número redondo! E não pretendo em hipótese alguma voltar para lá. Até segunda, balança em franca descida. Jejum de Semana Santa (ahahaha)!

Neste ano, nada de comidaria em família. Preferi a paz para depois curtir o depois.

Perspectiva muito grande de segunda-feira estar seca. Talvez uns três a menos,  quem sabe…

Boicote do tempo: eu acordaria hoje  iria direto para a malhação. Nada. Nada. Nada. Chuva e céu nublado.

* * *

Muita música tocando aqui em casa, só as que eu amo. Repetidas vezes.

100 dias para mudar a minha vida – Dia 43, Dia 42 e Dia 41

Dia 41:

amanheço mais magra, masi ainda no número redondo. Banana!

Estou com vontade de emagrecer com sopão de novo, meio displicente com o VP. Mas o que vale mesmo é que o VP é um caso de persistência. Sempre é dia de recomeçar. Por isso que estou lá. Hoje não vou para a reunião. Deveria, mas não vou. Sem carro e cansada, precisando ficar um pouco com Alice.

Cheguei em casa e fiz uma farra de mini pizzas com Aslan e Alicinha. Delícia. Vamos todos brincar e dar risada com “titi”. Ele hoje deu risada e falou: “titi é doidha!”

Sabe o que eu pensei? O caminho está certo. Era isso mesmo que eu queria. Ser doida é estar fora do padrão sério do mundo dos adultos. É dar risada e rolar no chão. Vestir-me de bruxa uma vez por semana e levá-los ao mundo imaginário, do medo, do combate, da fantasia. O mundo da gargalhada solta, do riso franco e do peito aberto.

A segunda melhor coisa do dia foi minha adorada aluna Hannah me mostrar este vídeo.

Dia 42

Trinta mil trabalhos acumulados, um cansaço enorme e acordo entretanto às 5h da manhã.

Coração bateu muito forte hoje, muito mesmo. Quase saltou pela boca. Segredos de liquidificador.

Dia 43

Gentilezas de Miss Fátima : comemos um pão com gergelim maravilhoso. Com queijinho e entre amigos. Bem no café da manhã que começou bem abrindo com energia positiva o nosso feriado.

Fuga para resolver pepinão no banco. Muito dinheiro gasto de táxi, um desperdício. Necessário e remediador, infelizmente.

A gentileza do caixa do banco valeu o dia. Adoro quando vejo pessoas com energia tão positiva! Gostou tanto de mim, que me pediu os famosos palpites numéricos. Ele jogou meus números na mega. Tomara que ganhe.

Feriadão chegando e a coragem de fazer besteira também. (risos)

Noite inteira com a filhota que vai viajar amanhã.