Como cuidar sozinha de uma filha

Agora acho que esta será a minha próxima série. Eu fico realmente incomodada quando leio pessoas falando de como é bom e coisa e tal – como se fosse só a parte do paraíso esquecendo-se ou omitindo o padecer. Ah, tá. É bom, sim, mas as pessoas simplesmente se calam sobre as dificuldades? As dores nas costas? A exaustão ao fim do dia? A impossibilidade de fazer qualquer outra coisa? A dificuldade para cumprir tarefas simples? Para manter a casa arrumada? E dar atenção à filha?

Anúncios

3 comentários sobre “Como cuidar sozinha de uma filha

  1. Com certeza!! É como dizem.. “As pessoas só veem o wiskey que eu tomo, mas não os tombos que eu levo.”
    Amoooo ser mãe. Amo isso mais do que já amei qualquer coisa na minha vida!! Mas isso não significa por nem um segundo que seja fácil ou simples. É muito fácil para os outros criticarem ou invejarem.. mas as pessoas não percebem e não entendem a realidade de criar um filho sem um parceiro(a).
    É preciso se desdobrar em mil, ser 3 ou mais pessoas ao mesmo tempo, ter uma energia inabalável e jamais andar desleixada… Muitas vezes nem cara de cansada as pessoas perdoam..
    Mas sabe o que eu acho?? Não preciso do perdão de ninguém pra me sentir como quiser. Não preciso da autorização de ninguém pra ser honesta comigo mesma. Fiz a melhor coisa da minha vida quando tomei a decisão de virar tudo de ponta cabeça e estou disposta a enfrentar o que for preciso só pra continuar tendo o previlégio de ser mãe. Estar sozinha nessa batalha é uma opção e não um castigo. A vida podia dar um desconto às vezes… ? É.. Podia.. Mas não é assim. A vida não pára. A vida não permite ensaios. A vida não tem intervalos pro café. A vida é o que é. E vivê-la com uma jóia tão preciosa em minhas mãos é definitivamente mérito e luxo. Independente de quanto muitas vezes a gente se canse, e chore, e deseje ter alguém pra dividir os pensamentos e sonhos.
    Boa sorte na batalha!! Você n~so está sozinha!!
    Dê uma olhada no meu blog.. Vamos trocar idéias..
    cidadeematernidade.blogspot.com

  2. Alena
    É dificilimo sim criar filhos, e ainda dar conta de todo o resto. Sinto isso na pele, e quem não admite isso está se enganando.
    E como você mesmo comentou em um outro post,você ainda tem o agravante de não contar com os avós para ajudar.
    Mas força, você não está sozinha!
    Beijos

  3. Adorei o comentário da Maria!!
    Acho que a primeira coisa a se ter em mente é uma escolha que vc tem fazer após a escolha de criar um filho(a) sozinha. Ou se cuida de um ser humano ou lambe-se a casa para ficar nos moldes antigos do que uma moça aprendia para ter o título honroso (e horroroso!!) de “rainha do lar”.
    Não dá!!!
    Eu escolhi criar meus filhos. E não me arrependo um instante. Para mim a louça na pia para o dia seguinte, a roupa por dobrar e outras tantas tarefas não me fazem falta por não tê-las “dado cuidado”. Ok, ok, tb não era uma maloca, afinal se amo e cuido dos meus, uma das coisas que quero é segurança e higiene.
    Eu admito que NÃO dá para se dar conta de filhos e o resto do mundo (lêia-se: casa brilhando). Mas quem foi que disse que TEM que dar!!???
    Eu sei de um milhão de pessoas e me incluo nesse número, que reclama pq a mãe não dava atenção…mas a casa…pense! num “Brinco de casa” ,”dava até para comer no chão”.
    Oi? Na sua velhice, quem vai estar ao seu lado, te dando atenção??? A jarra de prata super bem polida?
    Beijo e felicidade com sua Alice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s