Decoração e arte

Minha avó foi menina criada no Instituto Feminino de Salvador, com educação de moça fina e prendada. Leu Jorge Amado, Flaubert, Machado e tudo o mais… então acabou sendo revolucionária, não acomodada, mulher de verdade, independente e exemplo feminino. Mas isso já foi assunto de outro post.

Eu sei que fui a neta primogênita e gozei de duas sortes: além de ser a primeira, a de ser filha do filho que ela mais amava. E mais uma: de ser a cara dela. Destarte, fui eu que vivi com ela me ensinando todas as suas artes e finesses: fazer bolos, doces, festas, decorações, bordados, pinturas, telas… nem tudo eu aprendi, óbvio, mas tomei um gosto enorme. E hoje, que tenho Alicinha, me vejo fazendo a minha filha o que ela fazia por mim: arte.

Desta forma, recebo o pinterest de braços abertos e saudosa de minha vó, que tanto me ensinou.

Anúncios

Um comentário sobre “Decoração e arte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s