A morte

A morte rasga,
dilacera, 
expõe as entranhas, 
tortura
essa civilização despreparada para a brevidade. 

A morte incomoda.
O outro.

A dor tem cara de pasmo.
Aspecto de estupefacção.
Cara de espanto.
A dor se finge de ‘estou bem, obrigada’.

O outro: não quer ouvi-la,
não quer vê-la em lágrimas,
debater-se,
jogar-se no chão,
gritar inconsolavelmente
até a exaustão…
adormecer o corpo de quem a sofre – a dor.
Caminhar mil voltas sem saber nada nem para onde.
Este onde que nem existe mais.

O outro precisa entender que a vida continua.
Não o sofredor, mas o outro, 
aquele que passa ao largo dela – a dor. 

Este outro precisa ver-te de óculos escuros,
sorriso amarelo, mas ainda sorriso.

Porque a tua dor não te incomoda mais do que a ele.
Ele, mísero, é humano.
É pequeno.
E se sabe igual a ti: falível. 
Passível de todo e igual sofrimento.
E é isso que o incomoda. 
Essa humanidade toda que o atordoa.
E o torna incapaz.
De compreender.
De agir com exatidão.

Ele te quer bem. Quer-te feliz.
Indefectível.
Mas tu não podes mais fazer-te do que não és.
Só dor, só rasgos, só queimadura aberta no peito.
Mágoas da vida ferida.
Tu não podes pôr o teu vestido de flores 
e sair leve pela manhã.
As flores estão despedaçadas.
E o vestido sem cor.
E o céu. O mar. A noite.

Tu és um naco de peito. 
Pedaços de lágrimas.
Resto de gente.

Porque a morte bateu em tua porta.
E te feriu impiedosamente.

Louca: tu te sentes tendo que continuar a viver.
Mas ela, a vida, é imperativa.
É uma ordem para os que não desistem.
E ela insiste, severina, a te abrir os olhos e a te fazer enxergar 
o que tu ainda demorarás séculos a ver.

Este é o teu momento. A tua dor. O teu desespero. O teu rasgo sem regaço.
Sente-o. Ainda que sozinha por vezes.
O outro não sabe.
Não. Não tem como saber.

A dor te abraça. A morte perpassa. 

Até que tu renasças.

Alena Cairo , 23/10/2013

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s