Miracle

Preciso muito passar Photoshop no meu dia hoje.

Anúncios

Rio Acre

Preocupada com o pessoal do Acre. Jamais pensei em visitar o Acre. Mas surgiu uma oportunidade muito bacana e fui lá conferir. Terra hospitaleira de gente legal! Fui tão bem recebida que cheguei mesmo a crer na bondade humana. Pessoas gentis, que se desdobraram em mesuras e com experiências de vida muito diferentes e valorosas para trocarmos.

Neste momento, presto minha solidariedade às pessoas que me receberam e pergunto-lhes se posso ajudar de alguma forma.

Baba, baby.

Coisa de ficar maluca: cuidar sozinha de filho, ser mãe sozinha.

PTQPR. Dita cem vezes. Depois eu não entendo por que fico nervosa. Todos os dias, meia-noite, e Alice ainda está acordada? O pai não está. Não tem avô, não tem avó. A m* da babá não coloca para dormir. E eu querendo me jogar pela janela a esta altura.

A solução? Eu fazer um intensivão: acordá-la às 6h durante uma semana para criar rotina, cansá-la durante o dia, não deixá-la dormir e vê-la na cama às 20h. O problema reside exatamente aí: eu, eu , eu. Tudo eu. Saco. Ninguém para dividir. Como eu aguentaria fazer algo depois? Como teria meu tempo para a net? Como faria algo na cozinha? Como sobraria um tempo para namorar? E como estaria a minha pessoa depois desta semana de jornada? Precisando, obviamente, de um ano na Polinésia. Sozinha.

Três dias no VP pela milésima vez

Terceiro dia no VP e só consegui fazer as coisas mais ou menos direito no primeiro dia.

Análise do absurdo:

Dia 01

 

Dia 02

Dia 03

Conclusão: falta de rotina e desajuste emocional fazem tudo fugir ao controle. Ah, e necessidade ainda de me divertir muito. Creio que quando eu conseguir arrumar minha casa as coisas fiquem melhores na minha dieta.

Não, não basta

Não, não basta.

Não, não basta…

Não, não basta. Não basta. Não basta.

Há tempos em que não basta terremoto em nossas vidas.

Tem que vir também uma tsunami.

*

Raiva de ter lido um dia POLYANNA e ter esta besta mania de querer suavizar as coisas.

*

Tem horas em que miséria pouca é bobagem.