Fenômeno pipoca

Pense no lanche de que eu mais gostava na vida: pipoca.  É.  Esta coisa simples. E nem faço questão de manteiga nem de sal. Juro. Gosto feita na pipoqueira elétrica sem óleo.

Pois bem, depois que eu engravidei, perdi a vontade de comer pipoca. E era uma vontade diária que eu satisfazia sempre. Nem tenha dúvida. Eu não enjoei de pipoca. Eu não passei a não gostar. Eu simplesmente perdi a vontade. E até hoje não a recuperei. Olho, olho para o frasco de milho me esperando e… nada. Nem umazinha. Nada mesmo.

Sabe lá se eu voltarei a sentir vontade. tomara. Porque, além de gostoso, é um excelente lanche diet.

2 comentários sobre “Fenômeno pipoca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s