Felicidade custa barato

Cá para nós, voltei à forma mesmo! Depois de um entediante dia, em que adio o trabalho absurdamente, de ligar para quatro amigas e não encontrar sequer uma disposta a sair …  arrumei mais e mais tralhas que estavam soltas por aqui e parti para o fogão. Não acredito e nem sei de onde tirei forças para fazer o que sempre fiz e o que sempre amei fazer: cozinhar! Entretanto, há muito perdera o gosto! É que família faz falta e eu levei muito tempo para me acostumar a ser não só eu, mas eu e Alice e uma babá. Acho que se fosse só eu e Alice, talvez fosse mais fácil na cozinha.

Preciso voltar à forma e aprender de novo a cozinhar para um, dois – acho que já encontrei a medida certa!

Pois não é que me brindei com um cálice de vinho do Porto, presente do reitor da Universidade de Portugal, e me deliciei com um maravilhoso parafuso tricilore ao sugo, com tomates italianos, três dentes de alho, sal e azeite português?  Comi como uma princesa. Como fazia falta o meu sabor!

De sobremesa, a prova de que felicidade é simples e custa barato: goiabada cascão e creme de leite nestlé.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s