Crise e caos

Este é meu exato problema.

Embriago-me deveras estudando, adoro os livros, amo-os!

Vivo mil vidas na Literatura, sofro, choro, sorrio, amo para sempre e morro. Mas chega um dia em que me dou conta de que pode ser que a vida esteja passando e eu aqui…

O que fiz? O que faço? O que farei?

Não sou nenhum eremita. Saio, passeio, me distraio. Mas meus programas são tão torta com chocolate que eu apavoro quando vejo esta Bahia fervilhando de ensaios e festas mil.  É difícil andar na contramão da história. 

_____________________________________

Créditos das imagens: http://www.magazine-litteraire.com/images/045-01-108010.jpg

http://i5.photobucket.com/albums/y170/Nimby33/Eremita_Nimbypolis.jpg

Anúncios

3 comentários sobre “Crise e caos

  1. Oi professora,caos mesmo!Rio quarenta graus,cidade maravilha e do caos.O que foi esse caso no RJ?triste,da vergonha de ser brasileiro as vezes.

    =*
    ________________________________________

    Ué… não entendi o comentário em relação a este post… o comentário foi genérico, não foi?

  2. A dúvida persiste em caminho
    Trator que abre estradas
    Sinuosas, feridoras, brutais
    A bicicleta frágil e quase invisível
    Desvia entre pedras e abruptos sentidos
    Suas pernas não cessam
    Encaminha sem rumo
    Espera claros objetivos
    Incertos, porém destino, em princípio
    A chegada ainda inexiste
    Banha-se de alegria…
    Em pedalar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s